Welcome to ISQua Login | Register | Contact Us

Segurança em cirurgia e anestesia com Maria de Lourdes Moura e Luis Antonio Diego

Safe Surgery and Anesthesia with Maria de Lourdes Moura and Luis Antonio Diego

Data: julho de 2014
Date:  July 2014

Oradores: Maria de Lourdes Moura, Assessora Técnico-Científica do Portal Proqualis do Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde da Fundação Oswaldo Cruz.

Luis Antonio Diego, MD, doutor em Anestesiologia pela Universidade Estadual Paulista (UNESP)

Presenters: Maria de Lourdes Moura, Technical Scientific Advisor to the Proqualis Portal of the Institute of Scientific and Technological Communication and Information in Health of the Oswaldo Cruz Foundation.

Luis Antonio Diego, MD, PhD in Anesthesiology by State Universty of São Paulo (UNESP)





Sobre o Webinário
About the Webinar

A Organização Mundial da Saúde (OMS) reconhecendo a importância dos eventos adversos para o paciente cirúrgico, divulgou orientações para melhorar a segurança da assistência cirúrgica, especialmente para a prevenção de infecção de sítio cirúrgico, anestesia segura e melhor comunicação no perioperatório. Este webinar discute a magnitude dos problemas de segurança relacionados à cirurgia e anestesia e a implementação e impacto da Lista de Verificação de Segurança Cirúrgica da OMS.

The World Health Organization (WHO) recognizing the importance of adverse events for surgical patients, has issued guidelines to improve the safety of surgical care, especially for the prevention of surgical site infection, safe anesthesia and better communication in the perioperative. This webinar discusses the magnitude of safety issues related to surgery and anesthesia and the implementation and impact of the WHO Surgical Safety Checklist.

Sobre os Oradores 
About the Presenters

Maria de Lourdes Moura graduada em Medicina. Mestre em Saúde Pública pela Escola Nacional de Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz. Médica da Escola Nacional de Saúde Pública e da Secretaria de Estado de Saúde do Rio de janeiro. Colaboradora do Portal Proqualis. Tem experiência na área de Saúde Pública, atuando principalmente nos seguintes temas: segurança do paciente, avaliação de serviços de saúde; gestão em saúde, e vigilância sanitária.

Maria de Lourdes Moura graduated in Medicine, Master in Public Health by the National School of Public Health of the Oswaldo Cruz Foundation. Medical Doctor of the National School of Public Health and the Rio de Janeiro State Secretariat of Health. Collaborator of Proqualis Portal. She has experience in public health area, working mainly on the following themes: patient safety; health services evaluation; health management, and health surveillance.


Luis Antonio Diego, MD, doutor em Anestesiologia pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), professor de Anestesiologia e Segurança do Paciente na Universidade Federal Fluminense (Niterói-RJ), presidente da Comissão de Qualidade e Segurança da Sociedade Brasileira de Anestesiologia (SBA), médico e pesquisador do Núcleo de Avaliação Tecnológica do Instituto Nacional de Cardiologia (Ministério da Saúde). 


Atua principalmente nos seguintes temas: anestesia clínica; segurança do paciente, avaliação de serviços de saúde, gerenciamento de saúde e avaliação tecnológica em saúde.

Luis Antonio Diego, MD, PhD in Anesthesiology by State Universty of São Paulo (UNESP), professor of Anesthesiology and Patient Safety at the Federal Fluminense University (Niterói), president of the Quality and Safety Commission of Brazilian Society of Anesthesiology (SBA), physician and researcher at the Health Technology Assessment Department of the National Institute of Cardiology (Ministry of Health). 

Working mainly on the following themes: clinical anesthesiology; patient safety; health services evaluation; health management, and health technology assessment. 

Apresentação em Powerpoint
PowerPoint Presentation

ISQua _Maria de Lourdes Moura_Luis Antonio Diego_ISQua2014



Perguntas aos bolseiros
Fellowship Questions

Estas questões são obrigatórias para os bolseiros.  Selecione a resposta correta para cada uma das questões de escolha múltipla apresentadas e submeta a resposta para obter os seus créditos.
 
 

1.  São fatores organizacionais e humanos que contribuem para resultados cirúrgicos desfavoráveis, exceto:

a)      A inexperiência do cirurgião;
b)      O grande volume hospitalar de cirurgias;
c)       A excessiva carga de trabalho;
d)      A fadiga
e)      Falhas administrativas ou burocráticas
 
2 Marque a frase correta referente à Lista de verificação de segurança cirúrgica da OMS:

a)      Visa reforçar as práticas de segurança aceitas e promover uma melhor comunicação e o trabalho em equipe.
b)      É constituída por um conjunto de verificações de segurança que podem ser realizadas apenas em sala de operação de hospitais de grande porte.
c)       Foi idealizada para ser executada com grande complexidade.
d)      O objetivo principal é assegurar que as equipes sigam de maneira consistente algumas etapas de segurança críticas, visando minimizar os riscos mais raros e inevitáveis, que colocam em risco a vida e o bem estar dos pacientes cirúrgicos
e)      A comunicação ruim entre os profissionais não é uma barreira para a implementação da lista de verificação. 

3.  Em relação à comunicação interpessoal é correto afirmar que:

a) Quanto maior a complexidade da informação a ser trocada, menor atenção deve ser dada ao processo de comunicação.
b) O perioperatório é um período com pouca troca de informações. 
c) A comunicação se tornará mais efetiva o quanto mais acurado, claro e sem ambiguidades for o conteúdo a ser transmitido. 
d) As falhas de comunicação constituem um fator contribuinte de eventos adversos de menor relevância.
e) A hierarquia funcional própria da estrutura organizacional tradicional é uma das menores barreiras para a comunicação efetiva.